Pular para o conteúdo
imagem de um escritório, uma mesa de reuniões com duas cadeiras de couro pretas e um sofá ao fundo. Exemplo de iluminação nos locais de trabalho

Iluminação nos locais de trabalho

Ter uma boa e adequada iluminação nos locais de trabalho traz uma série de benefícios, tanto para a empresa quanto para o quadro de funcionários.

Afinal, a luz é responsável por despertar sensações e emoções, podendo estimular ou acalmar, dependendo do seu uso.

Portanto, criar um bom projeto de iluminação para o ambiente de trabalho é muito mais importante do que você imagina.

Neste artigo, vamos explicar os pontos fundamentais na hora de elaborar um projeto de iluminação adequado e que traga bons resultados. Boa leitura!

Iluminação nos locais de trabalho: 5 itens fundamentais

Desde a definição de qual a melhor luz para trabalhar até mesmo os pontos de destaque são muito importantes num projeto de iluminação.

Mesmo que pareça óbvio, é essencial que as luzes sejam distribuídas de forma que facilite o exercício de suas funções.

É importante mencionar que para cada segmento e atividade exercida, as necessidades de luz são diferentes.

Para regulamentar o uso de luz no ambiente de trabalho existe uma série de normas e exigências.

De acordo com a NR17, em todos os locais de trabalho deve haver iluminação adequada, natural ou artificial, geral ou suplementar, apropriada à natureza da atividade.

Confira 4 itens fundamentais na hora de projetar um escritório!

1. Flexibilidade

É importante dispor fontes de luz nas estações de trabalho de forma que possa ser adaptável sempre que necessário.

Por exemplo, uma luminária de mesa, pode focar os objetos que precisa e pode mudar conforme a necessidade.

2. Personalização

Adequar a iluminação de acordo com a função desempenhada e os usuários.

Se o local exige atenção plena e movimentos mais repetidos, é indicado luzes mais brancas e fortes.

Já em ambientes de atendimento como agências bancárias e varejo, as luzes podem ser mais aconchegantes.

3. Economia e sustentabilidade

Optar por fontes luminosas com baixo impacto ambiental.

As lâmpadas e luminárias de LED, por exemplo, têm excelente durabilidade, o que evita o descarte excessivo de resíduos, além de consumir muito menos energia elétrica.

4. Iluminação circadiana

Trata-se da iluminação artificial que simula a luz natural. Ou seja, as luzes vão se adaptando conforme os períodos do dia para desempenhar o papel da luz solar.

Isso é muito positivo para quem está no ambiente, pois estimula a produtividade em horários de dia, e vai dando uma sensação de relaxamento à noite.

Iluminação é risco físico ou ergonômico?

Ter uma iluminação inadequada é sinônimo de risco ergonômico e físico.

Os riscos de uma má iluminação podem representar perigo para a integridade física do trabalhador.

Por outro lado, também afeta a percepção do ambiente pelos clientes.

Por exemplo, ao entrar em uma loja mal iluminada, o cliente não terá uma boa impressão e provavelmente não retornará ao local.

Nas indústrias que trabalham com maquinário pesado e que requer atenção plena, pode acontecer o fenômeno chamado estroboscópico.

No qual a pessoa tem a sensação de que a máquina está parada, quando na verdade está em movimento.

Outro risco físico que pode ser citado como má iluminação em escritório e ergonomia é a fadiga visual. Trata-se do cansaço dos músculos da visão.

Isso também acontece pelo fato de a iluminação não ter sido projetada adequadamente para aquele tipo de ambiente e atividade executada.

Ressaltamos que é importante seguir à risca as normas de ergonomia e iluminação adequada.

Assim, é possível garantir um melhor desempenho e saúde dos trabalhadores de uma determinada empresa.

Iluminação adequada no ambiente de trabalho

Conforme já citamos anteriormente, ergonomia e iluminação vão muito além de luz no ambiente de trabalho.

É preciso adequar-se e modificar os ambientes de trabalho para que sejam confortáveis e não representem nenhum risco à saúde dos trabalhadores.

Confira algumas dicas de como ter uma iluminação adequada no ambiente de trabalho:

  • Opte por lâmpadas com cores mais frias, no tom branco azulado.
  • As lâmpadas de cores quentes, como branco amareladas, são indicadas para relaxamento. Utilize-as somente se a empresa seja destinada a essa atividade.
  • Escolha luminárias adequadas para o tipo de atividade que será realizada.
  • Aproveite a luminosidade natural do sol, utilizando janelas e vidros, nesse caso é importante pensar na adequação da temperatura no ambiente de trabalho.
  • Estude o local e avalie junto com o arquiteto quais as funções de cada ambiente dentro da empresa.

Um ambiente de trabalho com boa iluminação torna-se agradável, seguro e confortável.

Isso faz com que os funcionários estejam mais satisfeitos e motivados, contribuindo para aumentar a produtividade.

Em resumo, a iluminação adequada evita problemas oculares, estresse e acidentes de trabalho. Por isso, é imprescindível que a iluminação esteja adequada e conforme a legislação.

Pulse arquitetura: expertise em iluminação nos locais de trabalho

Conte com a nossa experiência em planejar ambientes que se conectam com as pessoas.

Nosso foco é proporcionar a melhor solução para seu negócio.

Trabalhamos com projetos corporativos, serviços e varejo, criando projetos únicos e personalizados.

Confira nossos projetos especializados em arquitetura corporativa!

Compartilhe